Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Coletivo

01
Ago19

Solidariedade para com Luis Pastor

Flávio Gonçalves

Enquanto o PSOE se diverte em Espanha a desiludir-me com todas as esperanças com que Pedro Sánchez deu de uma viragem à esquerda ao estilo português e britânico, insistindo em não se aliar ao Podemos e evitar novas eleições, a direita em bloco uniu-se para proibir um concerto de Luis Pastor em Madrid. Refiro-me ao PP (centro-direita), ao Cidadãos (direita liberal) e VOX (extrema-direita), pois como estou careca de repetir aos socialistas que acreditam na treta de "uma união de amplo espectro em defesa da democracia", no mundo real os conservadores e os liberais cheirando a poder aliam-se é com a extrema-direita, não é connosco meus amigos. 

 

06
Jun19

As leis da memória em Espanha e o Vox

Flávio Gonçalves

O Supremo espanhol travou a exumação de Franco, o disparate que fez espoletar o sucesso de Vox. Infelizmente o mal já está feito, veremos se pelo menos serve de vacina aos restantes partidos socialistas europeus. Infelizmente o Podemos aparenta querer insistir no disparate das "leis da memória", sem conseguir reconhecer que foram precisamente disparates ideologicamente histéricos como esses que fizeram surgir em Espanha o Vox. 

É por isto que são necessários os votos no centro-esquerda, único travão dos extremistos tanto à esquerda como à Direita. Não sei em que medida todo este histerismo politicamente correcto da extrema-esquerda espanhola não advém do trauma de Franco lhes ter entregue a democracia de bandeja. Cá em Portugal foi necessária uma revolução, será esse o trauma? A ditadura dei-lhes a democracia e isso chateia?