Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Coletivo

19
Nov18

Narcos invade o México

Francisco Chaveiro Reis

narcosmexico.jpg

É muito difícil lutar contra as primeiras temporadas de Narcos e contra a brilhante interpretação de Wagner Moura como Pablo Escobar mas se esquecermos (e não é fácil porque o próprio Wagner/Pablo fazem uma perninha) a herança, Narcos: México é uma ótima série e Diego Luna, que também já tem algum currículo, é um excelente Miguel Angel Felix Gallardo. Corre bem a passagem de Medellín e Cali para Sinaloa onde encontramos Gallardo como um modesto polícia que aproveita a destruição do exercito mexicano às colheitas de marijuana para apontar o caminho ao chefão local da droga. E o caminho é deslocalizar o negócio para Guadalajara, fundar um cartel (nunca antes visto) e, claro, olear as melhores rotas para distribuir marijuana e mais tarde, cocaína. O caminho ascendente de Gallardo é feito de golpes palacianos, subornos, acordos e muita subtilleza ao contrário do caminho de ira e emoção que vimos em Escóbar. Do outro lado, apesar de se manter a narração de Boyd Hoolbrook, o polícia herói é Michael Peña como Kiki Camarasa, agente da DEA em busca de ação e ascenção na carreira. Sabemos que vem aí mais mas esta primeira fase da encarnação mexicana cumpre bem o seu papel. 

1 comentário

Comentar post