Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Coletivo

28
Mai19

Baixar a Crista

João Ferreira Dias

O maior derrotado, a meu ver, destas eleições europeias (além da derrota simbólica da Democracia pela abstenção), é o CDS-PP. Depois da onda de euforia megalómana de Assunção Cristas, que já se via como Primeira-Ministra, um balde de água fria caia sobre o partido, deixando uma importante lição: querer ser uma espécie de navio de papel ideológico, sacudido entre margens opostas, não resulta. Primeiro porque não convence o eleitorado não-conservador, segundo porque desagrada, e muito, ao seu eleitorado de base. Ou o CDS é um partido de direita católica ou é um partido maria-vai-com-as-outras do centro. Ser um ringue para Nuno Melo chatear a esquerda e para Cristas sonhar acordada não basta. 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.